Os aditivos de combustíveis são grandes aliados na prevenção, manutenção e limpeza dos bicos injetores e demais sistemas do motor. Tornando-se indispensáveis para um bom desempenho do veículo e economia para o bolso.

Adicionados ao combustível, os aditivos desempenham um papel bastante eficaz. Contudo, os aditivos para combustível são os campeões de dúvidas de aplicação por parte de nossos consumidores, por isso preparamos o post de hoje com perguntas e respostas para você utilizar estes produtos usufruindo de todos os seus benefícios.
Vamos começar com a relação a quantidade aplicada e se a aplicação deve ser feita no tangue cheio ou com o tanque já na reserva. Pois algumas marcas indicam aplicação com o tanque na reserva e outras não.
Deve ser usado um frasco inteiro quando o tanque estiver na reserva e consecutivamente a cada tanque adicionar um frasco de aditivo.

Quando se enche o tanque de combustível e adiciona-se um frasco de aditivo, e no próximo abastecimento apenas completando o tanque sem o esvaziamento total do tanque (exemplo: meio tanque), é preciso colocar mais aditivo?

A aplicação dos Aditivos deve se feita apenas em trocas, não realizar completagem. Ou seja sempre aplicar com o tanque vazio e na sequência abastecer até encher o tanque.

No máximo quantos litros de combustível são necessários para a ação do aditivo na limpeza dos bicos injetores?

A proporção é de 1 frasco de 200 ml para tratar até 50 litros de combustível com total eficiência.


Ainda com dúvidas?

Entre em contato com a gente!

[email protected]

Até o próximo post!