Maior parte dos acidentes de trânsito acontecem à noite e de madrugada, esse é um fato que mostra os riscos que existem na hora de dirigir durante esse intervalo de tempo, uma vez que as percepções visuais são reduzidas.

Mas para fugir dessas estatísticas, e aumentar a sua segurança deve-se ter em mente que você recebe 90% das informações de trânsito através da sua visão: pela sensação luminosa, a acuidade visual e a capacidade de reconhecer as cores. Esses três processos são prejudicados à noite, já que o olho e o cérebro são submetidos a um maior esforço para atuar de forma rápida e eficaz em qualquer situação.

Muito mais que isso, existem outros riscos ao viajar de noite, além de perder a acuidade visual e diminuir seu campo de visão, a escuridão pode ocultar os perigos que são visíveis à luz do dia, então você deve se mover com maior cautela. O cansaço e a fadiga ocorrem principalmente entre 4 e 6 da manhã, quando o nível de alerta diminui, e ainda há um maior número de motoristas que abusaram de bebidas alcoólicas neste período.

Apesar de tudo, há pessoas que preferem viajar de noite devido à menor densidade de tráfego, dirigir mais relaxado e manter uma velocidade maior. Para isso, você tem que estar em boas condições físicas e psicológicas, o veículo deve estar em perfeitas condições e a viagem deve ter sido planejada com antecedência, e isso inclui: conhecer o itinerário, a localização das áreas de descanso, as condições climáticas, o estado das estradas, etc.

Pensando em todas essas questões acima a Hi Tech, separou dez dicas para você dirigir à noite com mais segurança:

1. Cuidado com a velocidade, siga a velocidade estipulada na via;

2. Mantenha a distância de segurança, você tem que ser capaz de parar o veículo sem colidir com outro, para isso a sua distância não deve ser inferior a três segundos do veículo anterior, o ideal é visualizar os pneus traseiros do carro que está a sua frente;

3. Aumente a frequência de visualizações através dos espelhos do carro, pelo menos, você deve olhar a cada dez segundos;

4. Aumente a frequência de paradas, você deve parar para descansar as pernas e limpar bem os vidros e espelhos, de modo a não atrapalhar seu campo de visão;

5. No escuridão, acenda o farol baixo, no primeiro sintoma de má visão, acenda as luzes. É essencial saber como usar as luzes do carro corretamente;

6. Pare se você se sentir cansado, Pegue algum alimento ou bebida energética;

7. Pare se você sentir sonolência, descanse por 20 minutos e tome um café ou bebida estimulante. Se você está muito cansado, não hesite em dormir um pouco;

8. Use o farol alto, se possível: nas vias onde não há possibilidade de visualizar outros veículos, use o farol alto em vez do farol baixo, isso aumentará sua percepção noturna;

9. Mas, cuidado com o farol alto ao ultrapassar: caso você cruze com outro veículo, diminua a intensidade da luz, entretanto também existe luz baixa e alta, que devem serem utilizadas para sinalizar a ultrapassagem ou para indicar a existência de perigo ao condutor da frente.

10. Evite acender as luzes internas do carro: quanto maior a quantidade de luz interna, menos se enxerga o que está acontecendo do lado de fora.

Atenção: mesmo que sua intenção seja viajar a noite saiba que a Lei 13.290, de 23 de maio de 2016, torna obrigatório o uso de farol baixo aceso durante o dia nas rodovias.