Chegando a última parte de a nossa série sobre o sistema de freios e fluídos para freios, vamos falar sobre manutenção.

Sistema de freios é coisa séria, é importante sempre ficar de olho em qualquer sinal de diferença em seu funcionamento. E atentar-se para verificar a necessidade de manutenção e garantir o funcionamento correto do sistema de freios assim como a sua segurança. Listamos os principais detalhes para que você note que o sistema de freios dá sinais de alerta.

1 – Validade do fluído de freio: conforme visto nos posts anteriores o tempo de validade do fluído está indicado no manual do veículo e de acordo com o tipo e uso do veículo e do próprio fluído, além disso alguns sinais apontam para a necessidade urgente de troca do fluído, vejamos:

2 – Baixo nível de fluído no reservatório: Não é comum que o nível de fluido de freio baixe. Mas, caso isso ocorra, não é indicado que seja completado. Essa prática pode camuflar algum real problema no sistema, como vazamento em algum cilindro, cano, conexão, mangueira etc.

3 – Luz no painel: assim que o sistema de frenagem verificar alguma anormalidade no sistema de freios, uma luz indicativa aparecerá no painel do carro ( Geralmente uma exclamação ( ! ) na cor vermelha ). E nesse caso o problema pode ser na mudança na pressão que o pedal exerce junto aos outros elementos do sistema, ou o nível do reservatório do fluido abaixo do mínimo aceitável.

4 – Dificuldade de frenagem: Se você notar ao pisar no pedal uma sensação de que ele está mais longo, ou mais mole do que o normal, fique atento já que isso pode indicar baixo nível de fluído ou mesmo ausência total. Nesse caso verifique uma possível ausência total ou nível baixo de fluído e faça a troca imediata, antes que o sistema deixe totalmente de frear.

5 – Água junto do fluído de freio: O fato de ter água misturada com o fluído pode parecer estranho. Porém, é comum ocorrer, pois ele pode absorver a umidade do ar e reter água. O reservatório que o contém possui uma abertura que possibilita a entrada de ar e, por isso, a entrada de água nele vem a ser inevitável. Caso exista um percentual de água acima do recomendado, e nesse caso é recomendada a troca do fluído e manutenção do sistema de freios pois ele perde sua eficiência, comprometendo a segurança do condutor e de terceiros.

Esperamos que você tenha entendido um pouco mais sobre o funcionamento do sistema de freios e sobre sua manutenção e principalmente o quando ele é importante e requer atenção e cuidados, para a manutenção de seu veículo procure sempre por um profissional qualificado e produtos de qualidade certificada. Com esses cuidados pode seguir tranquilo na direção! 😉

No próximo post finalizaremos contanto o passo-a-passo da troca do fluído de freios.
Até lá!

Ficou com dúvidas?

Entre em contato com a gente! [email protected]