No post anterior falamos sobre o sistema de frenagem dos veículos e seu funcionamento, (clique aqui para ler), e um dos principais agentes desse mecanismo são os fluídos para freios, também chamados de DOTS, ( Abreviação de Department of Transportation (DOT), que estabeleceu critérios para classificar os fluidos de freio conforme sua formulação e seu desempenho.

Fluído de freio nada mais é do que o liquido encarregado de transmitir a força sob pressão do sistema de freios até os mecanismos de frenagem (pastilhas nos sistemas a disco, lonas nos a tambor) junto às rodas. Por estar sujeito a condições severas de temperatura, não é possível usar líquidos à base de água para essa finalidade, pois poderiam congelar sob frio rigoroso ou entrar em ebulição em temperatura elevada, além disso esses fluídos também protegem o sistema de frenagem da ferrugem e oxidação. Existem no mercado atualmente 4 tipos de fluídos: DOT 3, DOT 4, DOT4LV E DOT5 e DOT5.1, cada um deles se aplica a uma necessidade e tipo de sistema de freios. Oque basicamente difere uns dos outros são o ponto de ebulição e a sua viscosidade cinemática.

Veja as principais características e aplicações dos fluídos de freios Hi Tech:

Dot3: Recomendado para veículos da linha leve. Para carros um pouco mais antigos porque os capilares do sistema de frenagem são um pouco menos estreitos assim um fluído com a viscosidade maior consegue fluir normalmente em temperatura ambiente
Para troca consulte o manual do veículo ou, na ausência dessa informação,
trocar a cada 12 meses ou a cada 10.000Km.
Segue especificações NBR9292 TIPO 3, SAE J1703-FMVSS ng 116-DOT-3.
PONTO DE EBULIÇÃO ACIMA DOS 205°C
COLORAÇÃO DO PRODUTO: AZUL

Dot4: Recomendado para veículos da linha leve, pesada, agrícola e importados.
Para carros um pouco mais novos por ter uma viscosidade maior e conseguir fluir em capilares medianos
Troca do produto conforme manual do fabricante, na ausência de informação,
trocar a cada 12 meses ou a cada 10.000Km.
Segue especificações NBR9292 TIPO 4, SAE J1703-FMVSS n2 116-DOT-4.
PONTO DE EBULIÇÃO ACIMA DOS 230°C
COLORAÇÃO DO PRODUTO: VERMELHO

Dot4lv: Fluído Hidráulico com tecnologia inovadora, desenvolvido especialmente para os veículos equipados com sistemaABS e EBD de úItima geração da linha leve, pesada, agrícola e importados. Originalmente utilizado em carros saídos de fábrica o  DOT 4 LV agora está disponível para  reposição em carros acima de 2010, por ter uma viscosidade maior e conseguir fluir em capilares medianos.
Troca do produto conforme manual do fabricante, na ausência de informação, trocar a cada 12 meses ou a cada 10.000Km.
Segue especificações NBR9292 TIPO 4, SAE J1703-FMVSS n2 116-DOT-4.
PONTO DE EBULIÇÃO:ACIMA DOS 250°C
COLORAÇÃO DO PRODUTO: LEVEMENTE AMARELADO

Dot 5-1: Recomendado para veículos da linha leve, competição, pesada, agrícola e estacionários.É indicado para carros de alta performance, por ter os capilares muito estreitos e um poder de frenagem maior e mais rápida, com isso conta com uma viscosidade muito maior para fluir em capilares finos.
Troca do produto conforme manual do fabricante, na ausência de informação,
trocar a cada 12 meses ou a cada 10.000Km.
Segue especificações NBR9292 TIPO 5, SAE J1703-FMVSS ng 116-DOT-5.1.
PONTO DE EBULIÇÃO ACIMA DOS 260°C
COLORAÇÃO DO PRODUTO: AMARELO

Agora que você sabe como funciona o sistema de frenagem e a aplicação de cada fluído é só escolher da família Hi Tech, qual o Dot ideal para seu veículo e procurar um profissional para efetuar a troca quando necessária, no próximo post vamos falar sobre os sinais de alerta para a manutenção do sistema de freios. Até lá!
Ficou com dúvidas? Entre em contato com a gente! [email protected]

Como funciona o sistema de frenagem dos veículos?